São José dos Campos, 16 de Julho de 2018

Buscar:


Facebook



LinkedIn

LinkedIn

Notí­cias

30.11.2011

São José tem aumento de 34% nas exportações em outubro

 

As exportações de São José dos Campos cresceram 34% em outubro em relação ao mesmo mês de 2010. Em outubro deste ano, a cidade exportou US$ 529,4 milhões contra os US$ 393 milhões de outubro de 2010.

Na comparação mês a mês, houve queda de 3% em relação a setembro de 2011.

As vendas da Embraer ‘salvaram’ o desempenho da cidade, a única dos três maiores municípios do Vale a registrar, em outubro, desempenho melhor que em 2010.

O setor aeronáutico representa mais de 60% do montante exportado por São José. Além de aeronaves prontas, o município envia para o exterior componentes de aviões, como trens de pouso e fuselagem.

“A Embraer define a balança comercial da cidade. O avião é, talvez, o produto de maior valor agregado do país”, afirmou o diretor do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) de São José, Almir Fernandes.

O setor de estação base para telefonia, liderado pela Ericsson, também registra bons números em 2011. O volume de exportações na área acumula crescimento de 241% de janeiro a outubro desse ano, em relação aos dez primeiros meses de 2010.

Outro setor com representatividade nas exportações de São José é o automotivo, encabeçado pela cadeia produtiva da General Motors. A recessão nas vendas freou as exportações. Ainda assim, o segmento já vendeu para o exterior o equivalente a R$ 956 milhões.

Análise.
O economista do Nupes (Núcleo de Pesquisas Econômico-sociais) da Universidade de Taubaté Edson Trajano avalia que a crise econômica na Europa acaba influenciando na desaceleração do montante exportado no ano.

“Na Europa não há previsão de recuperação mais sustentável nos próximos dois anos. Todos os projetos são de longo e médio prazos. Para que São José volte a exportar o que exportava em 2007, o mercado internacional tem que melhorar”, disse Trajano.

Destino. Os países do Mercosul, em especial a Argentina, são o principal destino dos produtos exportados por São José, com 26% do total.

A União Europeia, principal destino em 2010, ocupa o segundo lugar, com 21% das exportações. Os Estados Unidos respondem por 16% do total.
 

Saiba mais

São José
Exportações em outubro 2011: US$ 529,4 milhões
Outubro 2010:
US$ 393 milhões
Acumulado no ano:
US$ 4,3 bilhões
Melhores setores:
aeronaves, componentes de aviões e estação base para telefonia celular

Taubaté
Exportações em outubro 2011:
US$ 77,4 milhões
Outubro de 2010:
US$ 132,6 milhões
Acumulado no ano:
US$ 927,3 milhões
Melhor setor: automóveis
Pior setor: telefonia celular

Jacareí
Exportações em outubro 2011:
US$18,8 milhões
Outubro 2010:
US$ 19,7 milhões
Acumulado no ano:
US$ 213,3 milhões
Melhores setores: componentes para aeronaves e produtos químicos

Análise
Economista afirma que recessão na economia da Europa influencia no desempenho das exportações da região. Projeção é de melhora só vai acontecer daqui a dois anos


Taubaté registra queda de 41%

TAUBATÉ

As exportações de Taubaté registraram queda de 41% na comparação entre outubro de 2011 e o mesmo mês de 2010. Em comparação a setembro desse ano, o volume de vendas de produtos ao exterior também caiu: 25%.

Apesar de o setor automobilístico representar mais de 70% do montante de exportações da cidade, o desempenho do segmento de telefonia celular é considerado o vilão na queda das vendas ao exterior.

No acumulado do ano, o setor representado pela cadeia produtiva da LG Electronics registra queda de 85% em relação ao mesmo período de 2010. “O estoque cresceu e eles tiveram que demitir”, disse o diretor do Ciesp de Taubaté, Fábio Duarte.

Jacareí. Em Jacareí, as exportações em outubro caíram 4% em relação a 2010.

Fonte: O Vale

- Visualizar todos

Relacionados

Av. Tivoli, 563 - Vila Betânia CEP 12245-230 - São José dos Campos (12) 3921.7922

© 2011 CIESP - São José dos Campos - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: DB9